A Hibridização in situ (HIS) é uma técnica pela qual se identificam seqüências específicas de nucleotídeos em células ou cortes histológicos. Estas podem ser de DNA ou RNA, endógenas, bacterianas ou virais. Esta técnica de pesquisa está sendo traduzida para a

O parâmetro utilizado para se considerar o resultado de receptores hormonais como positivo sempre foi assunto controverso – desde diversos sistemas de pontuação baseados no percentual e na intensidade da coloração até percentuais simples de células neoplásicas positivas. O Colégio

 

Cadastre o seu email e receba as nossas novidades.

You have Successfully Subscribed!