Treinamento da equipe laboratorial para obter resultados positivos

Treinamento da equipe laboratorial

Um serviço de patologia precisa oferecer treinamento à sua equipe de apoio (pessoal técnico-administrativo) para que o patologista, ao receber as amostras para avaliação, saiba que o processo pré-analítico foi bem executado dando assim segurança e presteza na realização dos exames.

Além de gerenciar pessoas, o que exige habilidades de gestão e aptidão para liderança, também é preciso treiná-las para que elas deem o melhor de si e os resultados de produtividade e qualidade apareçam.

Você verá, a seguir, algumas dicas e recomendações essenciais para melhorar a rotina de treinamento da sua equipe de apoio no laboratório de patologia para obter os melhores resultados. Acompanhe!

Treinamento como forma de reter bons colaboradores

Um dos preceitos fundamentais da gestão de pessoas é o desenvolvimento dos profissionais. Quanto mais preparados para fazer seu trabalho, melhores eles serão, mais produtivos e mais engajados com a rotina de trabalho.

Tanto é verdade que um estudo conduzido por Monika Hamori, professora de gestão de recursos humanos na IE Business School em Madrid, publicado em 2012 pela Harvard Business Review, mostra que a falta de preocupação com desenvolvimento dos colaboradores é uma das principais causas da não retenção de talento nas empresas.

E cabe ao líder oferecer este desenvolvimento. Uma das melhores formas de fazer isso é oferecendo treinamentos constantes.

Treinando a sua equipe de laboratório

A seguir, veja algumas dicas essenciais para que sua liderança seja orientada a desenvolver sua equipe através de treinamentos para extrair dela os melhores resultados:

1. Ofereça um treinamento aprofundado para os novos colaboradores

Ao ser contratado, o mínimo que seu colaborar espera é um treinamento que o ambiente com a rotina do laboratório. Em outras palavras: não basta colocar alguém para auxiliar e passar as coordenadas das tarefas, é preciso fazer um treinamento oficial.

Neste treinamento, mostre os valores, a missão e a visão do laboratório. Mostre também como são as práticas de atendimento, os procedimentos etc. Faça com que o colaborador se sinta bem recebido pela equipe e possa absorver o máximo possível da cultura de trabalho.

2. Para o pessoal de nível técnico, ofereça educação formal

Em alguns casos, o treinamento in company pode não ser suficiente para o nível de responsabilidade exigido ao pessoal técnico. Nesse caso considere oferecer um treinamento mais sistemático e acadêmico e complemente com as práticas realizadas na rotina laboratorial.

3. Tenha um programa de educação permanente

De tempos em tempos, as pessoas precisam reciclar o que aprenderam para não se sentirem apartadas da rotina laboratorial. Por isso, ofereça treinamentos que reforcem metodologias, boas práticas etc. É interessante que estes treinamentos de reciclagem sejam focados em qualidade de execução de tarefas, atendimento, entre outros aspectos.

4. Incentive o aprimoramento educacional e profissional

É muito importante ter um programa de incentivo à evolução educacional dos colaboradores do laboratório. Isso abrange cursos in company, mas também cursos de extensão, pós graduações etc.

E o aprimoramento pode ser incentivado de várias formas: auxílio financeiro, parcerias com instituições de ensino para conseguir descontos, pontuação para promoções e aumentos de salário, entre outros.

5. Faça com que o conhecimento circule entre os membros da equipe

Outra forma muito positiva de desenvolver sua equipe é fazer com que os colaboradores compartilhem seu conhecimento com os colegas. Assim, quando alguém viaja para fazer um curso, você pode solicitar que esta pessoa faça uma apresentação do que aprendeu para todo o grupo, por exemplo.

Esteja sempre atento aos colaboradores mais experientes para que eles repassem o que sabem aos novatos ou menos experientes. Esta é uma forma de valorizar o conhecimento e também fazer com que o nível de capacitação da equipe fique o mais nivelado possível.

6. Avalie a eficácia dos seus treinamentos

Além de fornecer condições de desenvolvimento para sua equipe do laboratório, você deve avaliar o quanto estes treinamentos foram eficientes. Pode-se fazer isso por meio de uma prova de perguntas e respostas e por acompanhamento do desempenho individual e da equipe como um todo. Basta definir o que será avaliado e mostrar previamente para as pessoas, depois verificar os resultados em cada métrica predefinida.

Importante: Não deixe de registrar os treinamentos da equipe

Uma última recomendação é sempre registrar todos os treinamentos da equipe como preconiza a RDC302 (item 5.2.2). Esse registro serve tanto para comprovar às autoridades sanitárias a preocupação do laboratório de patologia com o treinamento dos seus colaboradores quanto como registro das próprias atividades do laboratório.

Esperamos que você tenha gostado das nossas recomendações de treinamento!   Deixe um comentário! E não deixe de conferir também o nosso post sobre os 5 erros comuns na comunicação interna dos laboratórios de patologia (e como corrigi-los!)!

Receba mais artigos como este

Receba artigos sobre patologia diretamente no seu email.

You have Successfully Subscribed!

Next Post Previous Post

Deixe uma resposta

 

Cadastre o seu email e receba as nossas novidades.

You have Successfully Subscribed!